Pagamento de Funcionários na Crise do Peso Argentino

Como Pagar Seus Funcionários Durante a Crise de Inflação do Peso Argentino?

Como Pagar Seus Funcionários Durante a Crise de Inflação do Peso Argentino?

agosto 8, 2022

SHARE

Facebook
Linkedin
Twitter
INS Global

Author

Date

INS Global

Author

Date

Share On :

window.onload = function() { var current_URL = window.location.href; document.getElementById("fb-social-share").onclick = function() { window.open(`https://www.facebook.com/sharer/sharer.php?u+${current_URL}`); }; document.getElementById("tw-social-share").onclick = function() { window.open(`http://www.twitter.com/share?url=+${current_URL}`); }; document.getElementById("in-social-share").onclick = function() { window.open(`https://linkedin.com/shareArticle?url=+${current_URL}`); }; };

Key Takeaways

  1. Argentina’s inflation is predicted to reach 60% by this year
  2. Employees operate as independent contractors to avoid being paid in the volatile currency
  3. Using a Global PEO service for payroll outsourcing minimizes the damage to employees’ income
Summary

A Argentina não tem experimentado uma inflação de um único dígito há mais de uma década. Devido à alta taxa de inflação na Argentina, as corporações globais com funcionários no país são obrigadas a tomar decisões difíceis. Agora, durante uma crise de inflação do peso argentino, o preço dos produtos é desconhecido, e os argentinos estão lutando para manter sua renda.

Os sindicatos exigem salários mais altos em 2022 após perdas para a inflação em 2021. Como resultado, as rápidas mudanças nas taxas de inflação estão colocando mais pressão nos sistemas de suporte de RH e nos funcionários associados a riscos de conformidade para os empregadores legais.

Por causa disso, criamos este artigo para analisar como os funcionários são afetados e propor uma solução razoável para que as organizações superem a crise de inflação enquanto permanecem em conformidade.

Com pressa? Salve este artigo como um PDF

Cansado de rolar a tela? Baixe uma versão em PDF para facilitar a leitura offline e compartilhar com os colegas de trabalho.

Com pressa? Salve este artigo como um PDF

Cansado de rolar a tela? Baixe uma versão em PDF para facilitar a leitura offline e compartilhar com os colegas de trabalho.

Preencha o formulário abaixo 👇🏼

Seu download começará em alguns segundos. Se o download não iniciar, por favor, clique no botão abaixo:

Qual é a Principal Razão para a Crise da Argentina?

Nos últimos anos, os políticos falharam repetidamente em regular os gastos governamentais na Argentina. Ao mesmo tempo, os banqueiros centrais continuam alterando suas políticas financeiras. Suas ações levaram diretamente ao colapso da moeda argentina em 2018.

O aumento dos preços pressionou as autoridades a investirem em importações de gás natural mais cedo do que o esperado. Isso resultou em circunstâncias que minaram a capacidade do banco central de fortalecer os fundos de reserva.

O FMI prevê que a inflação se estabilize este ano entre 38% e 48%. No entanto, os especialistas agora esperam que ela atinja 60%.

Inflação do Peso Argentino – Como Isso Afeta os Funcionários?

As taxas de pagamento são classificadas pelas leis locais em dois tipos: renda nominal e renda real. A renda nominal é o que a empresa considera pagar aos funcionários, enquanto a renda real reflete uma taxa de pagamento ajustada pela inflação.

A média global de inflação em 2020 foi de cerca de 2-3%. No entanto, muitos empregadores podem compensá-la com um aumento salarial anual ou um bônus para os funcionários.

Ultimamente, a taxa de inflação na Argentina tem flutuado constantemente. Os funcionários sofrem múltiplos impactos em suas vidas diárias, como custos de combustível e preços de aluguel. No entanto, é no preço dos alimentos que a população argentina está enfrentando as maiores consequências.

Hiring Checklist to Improve Your Recruitment Process

Como a Inflação do Peso Argentino Afeta as Empresas com Funcionários Globais?

A maioria das regiões da América Latina exige que os empregadores paguem aos profissionais na moeda local. Portanto, não é possível pagar os salários diretamente em outras moedas, independentemente da política da empresa. No entanto, muitas empresas na Argentina descobrem essas restrições severas ao tentar contornar essas regras.

Alguns empregadores podem tentar compensar os funcionários em uma conta no exterior, da qual o funcionário transfere apenas o valor necessário. Para isso, suas contas bancárias offshore estão em um mercado estável, que eles usam para converter o salário em pesos pela taxa de mercado vigente.

Além disso, muitos funcionários atuam como prestadores de serviços autônomos para empresas internacionais, para evitar serem pagos na moeda volátil. No entanto, do ponto de vista legal, esses prestadores de serviços autônomos podem estar classificados de forma equivocada.

Além disso, isso causa um problema tributário, uma vez que os empregadores são obrigados a deduzir impostos na fonte para os trabalhadores em tempo integral. Como resultado dessa brecha, as empresas podem enfrentar penalidades potencialmente severas.

Felizmente, a Organização Profissional de Empregadores (PEO) oferece uma solução. O modelo de negócio de uma PEO pode ajudar tanto grandes quanto pequenas empresas a permanecerem em conformidade, ao mesmo tempo em que mantêm os membros da equipe e garantem rendas estáveis.

How to Pay Your Employees During the Argentine Peso Inflation Crisis

Terceirização da Folha de Pagamento na Argentina

As corporações internacionais com funcionários argentinos que são remunerados em pesos têm experimentado uma queda significativa no valor da moeda de seus salários.

Finalmente, existem soluções criativas para empresas que optam pelos serviços de PEO global para terceirização da folha de pagamento na Argentina. Por exemplo, somar o peso ao dólar americano para manter tanto o funcionário quanto a organização satisfeitos e em conformidade.

Um provedor de serviços terceirizados auxilia empresas argentinas a economizar tempo e dinheiro, minimizando os efeitos da inflação. Um provedor de emprego internacional como a INS Global pode ajudar a garantir que os salários sejam calculados em pesos argentinos com base na taxa padrão local mensal.

Como resultado, há menos impacto na renda dos funcionários do que com um salário em pesos argentinos.

PEO Global na Argentina

Como a INS Global Pode Ajudar o Seu Negócio?

Como uma empresa de Employer of Record Global, a INS Global oferece serviços de consultoria em recursos humanos que abrangem todos os aspectos da gerenciamento de RH. Garantimos que seus funcionários no exterior sejam pagos pontualmente, seguindo todas as regulamentações locais aplicáveis.

Com mais de 15 anos de experiência, somos especialistas em atender às necessidades de RH em mais de 80 mercados internacionais. Nosso serviço de Employer of Record (EOR) torna a expansão global rápida, segura e simples. Em questão de dias, você pode estabelecer uma rede local para seus funcionários e operar sem uma empresa local.

Nossa equipe global de consultores fornece a ajuda e os serviços necessários para resolver problemas novos, como a crise de inflação do peso argentino, bem como cuidar das exigências diárias da força de trabalho global.

Entre em contato conosco hoje mesmo e saiba mais sobre nossos serviços de Employer of Record. Permita que nossos consultores o auxiliem na otimização de sua organização.

CONTACT US TODAY