PEO & Employer of Record na Tailândia | INS Global 2023
LOG IN

PEO na Tailândia

Contrate Globalmente, Pague Localmente, Expanda sem Esforço

Criar sua empresa na Tailândia não precisa ser desafiador. Ao escolher um parceiro local para ajudá-lo a entrar em um novo mercado e atender a todas as suas necessidades de RH, sua empresa pode se concentrar no crescimento e estabilidade sem os custos administrativos e desafios que acompanham a expansão. Uma PEO na Tailândia é uma maneira segura e simples de oferecer funções de RH com conformidade garantida para os funcionários em um mercado-alvo no exterior e oferece às empresas uma maneira de contratar e gerenciar funcionários em menos de 48 horas. Um Employer of Record na Tailândia oferece soluções de outsourcing de emprego para cuidar das responsabilidades de RH e administrativas e simplificar o processo de expansão global. A INS Global é uma fornecedora de soluções terceirizadas de EOR na Tailândia para empresas que buscam melhorar e acelerar sua mobilidade internacional. Uma Organização Profissional de Empregadores (PEO) é uma provedora de serviços que ajuda as empresas a se estabelecerem em uma nova região evitando obstáculos administrativos. Por meio de uma PEO na Tailândia, sua empresa pode contratar facilmente funcionários e iniciar as operações comerciais no país.
Quer ter uma Equipe na Tailândia HOJE MESMO?

Show me how to grow my business now!

We prefer to let others grow their business.

Show me how to grow my business now!

We prefer to let others grow their business.

PEO na Tailândia- Resumo

PEO na Tailândia

As vantagens de uma PEO da Tailândia

Maior compreensão das regulamentações locais

Implementar uma empresa em um novo país significa que você é obrigado a estar em conformidade. Se o seu negócio não estiver totalmente em conformidade, você poderá estar exposto a riscos que podem afetar suas operações na Tailândia. Os especialistas em PEO se mantêm atualizados com todas as regulamentações e processos locais envolvidos na configuração da empresa e operação comercial.

Economize tempo e dinheiro

Muitas empresas acham o processo de começar as operações em um novo mercado mais longo e mais caro do que inicialmente previsto. Uma empresa PEO está familiarizada com o processo de implementação e ajuda você a alcançar seus objetivos sem atrasos desnecessários.

Sistemas de folha de pagamento precisos

A INS Global não apenas ajuda na implementação na Tailândia, mas também oferece suporte adicional à folha de pagamento de seus funcionários. Ao entender as regulamentações locais relacionadas ao emprego e tributação, podemos realizar a folha de pagamento, acompanhar as horas dos funcionários e reter impostos e contribuições de previdência social.

Maior foco no que importa

Terceirizar essa função importante significa que você não precisa lidar com a administração internamente. Isso lhe dá mais tempo e energia para se concentrar no crescimento do seu negócio.

Acesso a novas habilidades

Ao contar com um fornecedor profissional de terceirização, você pode aproveitar as habilidades e conhecimentos que, de outra forma, exigiriam a contratação de vários novos funcionários ou equipes.

Por que escolher uma PEO em vez da Criação de uma Empresa?

Ao pensar em entrar no mercado tailandês, a parte administrativa da implementação é muito frequentemente negligenciada. As empresas podem não entender completamente os procedimentos locais ou as melhores práticas, o que pode tornar as coisas mais caras e demoradas do que o esperado.

  • Criar uma nova empresa em um mercado estrangeiro coloca sua empresa em maior risco de um problema regulatório do que usar uma PEO Global.
  • Sua empresa pode economizar tempo e dinheiro reduzindo o período de implementação e evitando desafios inesperados.
  • Ao terceirizar as necessidades de RH para uma PEO, você pode usar seus especialistas em muitos campos administrativos necessários ao iniciar seus negócios na Tailândia.

PEO/EOR x Criação de empresa

A Vantagem em Números

PEO/EOR Criação de empresa
Preço
80% Menos Caro
Entrada no Mercado
2-5 Dias
6 Meses
Rotatividade de Funcionários
Diminuir em 14%
Recomendação
98% dos clientes PEO atuais
Taxas Administrativas
Economiza em média $450
Folha de pagamento cara e multas de conformidade
Ajudar a Evitar
Taxa de Crescimento da Empresa
7 - 9%
ROI
27%
Fechado Durante a Pandemia
-58%
Employer of record Thailand

Depoimento

Manuel Ramos

TERAO ASIA

Diretor Executivo

Nós achamos que a INS Global é uma boa solução para iniciar negócios em mercados novos e complexos. Entender o mercado não significa que você precisa criar uma empresa imediatamente.

5/5

Nossa PEO na Tailândia: Como funciona?

  1. Nós falamos com você para discutir o escopo do seu projeto e seus detalhes. Com base nos requisitos fornecidos, desenvolvemos um plano mais adequado às suas necessidades, que também se alinhará aos objetivos e valores maiores de sua empresa.
  2. Por meio de nossa pessoa jurídica, você pode contratar sua equipe e iniciar suas operações diárias na Tailândia.
  3. Cuidamos de todas as etapas relacionadas ao processo de onboarding. A partir daí, nossa empresa PEO cuida de todas as responsabilidades legais e administrativas necessárias envolvidas com as operações de RH em andamento.
  4. Depois de todo esse processo, sua equipe pode iniciar as operações imediatamente e fazer o melhor uso do tempo e dos recursos disponíveis.

As Diferenças entre um Serviço PEO e EOR

Embora esses dois serviços sejam frequentemente examinados um em relação ao outro, é útil conhecer as diferenças para entender melhor qual pode ser melhor para suas necessidades.

  • Um EOR (Employer of Record) é uma empresa terceirizada que contrata sua equipe em seu nome e atua como seu empregador legal em seu mercado-alvo.
  • Uma PEO (Organização Profissional de Empregadores) gerencia as operações de RH para sua equipe.
  • Em um relacionamento de Employer of Record, o contrato do funcionário é feito diretamente com o provedor de serviços EOR (embora dirigido por você).
  • Em um relacionamento PEO, o contrato permanece entre você e seu funcionário.

A INS Global oferece esses dois serviços de acordo com suas necessidades. Entre em contato conosco hoje mesmo para saber mais sobre o que pode ser melhor para sua empresa.

Lei Trabalhista da Tailândia

A lei na Tailândia não exige que os contratos de trabalho sejam feitos por escrito. No entanto, é sempre considerado uma boa prática ter um acordo por escrito para evitar problemas posteriores.

Um contrato de trabalho pode ser concluído em outro idioma na Tailândia, mas para que as autorizações de trabalho sejam emitidas, deve ser enviada uma cópia em tailandês ao Departamento de Emprego da Tailândia.

Horário de Trabalho na Tailândia

O horário de trabalho padrão na Tailândia é de 8 horas por dia e um máximo de 48 horas por semana. As horas de trabalho são definidas na Lei de Proteção do Trabalho, que também estabelece outras proteções legais básicas para funcionários que trabalham na Tailândia.

Para os colaboradores que trabalham em ambiente considerado perigoso para sua saúde e segurança, a jornada de trabalho não pode ultrapassar 7 horas diárias ou no máximo 42 horas semanais.

Os funcionários podem fazer horas extras por um máximo de 36 horas por semana. As taxas de horas extras variam de acordo com o dia específico:

  • Horas extras em um dia normal de trabalho: deve ser 1,5 vez a hora padrão do funcionário.
  • Horas normais de trabalho durante um feriado: deve ser 2 vezes a hora padrão do funcionário.
  • Horas extras durante um feriado: deve ser 3 vezes a hora padrão do funcionário.

Feriados na Tailândia

Os funcionários na Tailândia que trabalharam por pelo menos um ano têm direito a um mínimo de 6 dias de férias anuais totalmente remunerados. Um empregador pode conceder dias de férias adicionais de acordo com as disposições do contrato de trabalho.

A menos que seja estabelecido de outra forma pelo contrato de trabalho ou manual do funcionário, os dias de férias anuais não utilizados podem ser acumulados. O direito às férias é previsto na Lei de Proteção do Trabalho.

Licença Médica na Tailândia

Não há limite para licença médica na Tailândia. No entanto, apenas 30 dias de licença médica remunerada são previstos em um ano civil. Se um funcionário tiver tirado mais de 3 dias consecutivos de licença médica, o empregador pode solicitar que o funcionário apresente um atestado médico.

Licença Maternidade e Paternidade na Tailândia

As funcionárias podem tirar até 98 dias de licença-maternidade na Tailândia. Durante esse período, o empregador é obrigado a fornecer o salário integral da funcionária por até 45 dias, após o que a funcionária tem direito a receber um pagamento único do sistema de previdência social, equivalente ao salário integral.

De acordo com a Lei de Proteção do Trabalho, não há disposições para licença-paternidade obrigatória.

Lei Tributária na Tailândia

O Código Tributário da Tailândia exige que os pagamentos de imposto de renda pessoal sejam feitos sobre qualquer renda proveniente da Tailândia, tanto para residentes quanto para não residentes. Residentes fiscais na Tailândia também são obrigados a fazer contribuições fiscais sobre qualquer renda proveniente de fora da Tailândia.

Uma pessoa é considerada um residente fiscal na Tailândia se estiver fisicamente presente na Tailândia por 180 dias ou mais em um ano civil. A taxa máxima de imposto a pagar, fixada em 35%, é aplicável a renda superior a 5 milhões de baht tailandeses.

Com relação à seguridade social, tanto os funcionários residentes quanto os não residentes que recebem sua renda de um empregador tailandês são obrigados a fazer contribuições para a seguridade social.

As contribuições feitas para o fundo de seguridade social da Tailândia são feitas em contribuições iguais de empregadores e funcionários (5% do salário do funcionário, até um máximo de THB 750 por mês).

As contribuições da seguridade social são retidas na fonte, e o pagamento é feito pelo empregador quando um funcionário recebe sua renda.

Net income numbers to hire people

PEO na Tailândia

ENTRE EM CONTATO CONOSCO HOJE MESMO

Descubra Mais Soluções na Tailândia

FAQs

Em geral, é necessário um mês para ter um funcionário trabalhando no exterior usando uma PEO existente como empregador registrado. Ao criar uma nova subsidiária para ser o empregador registrado, o atraso varia de 4 a 12 meses.

Yes, a Thailand EOR is a safe, legal, and efficient way to manage employer responsibilities in Thailand without the need to build a separate company structure in the company. This is because an EOR uses an alreadyestablished legal entity with expert HR support.  

Beyond the security of having assured HR compliance services from a professional provider, an EOR gives your employees access to the full range of employees benefits in Thailand (with the potential to benefit from even greater benefits packages), total legal protection, as well as a timely and accurate payment every month.

Much like when working with an umbrella company, independent contractors who work with their clients through a Thai EOR structure can gain access to many or all of the same employee benefits as traditional employees while still being in total control of the way they work.  

Our team of experienced recruitment specialists can find you the best local talent in Thailand using online and offline professional networks, their in-depth knowledge of local business resources and benchmarks, and a total commitment to compliant recruiting practices. 

Yes, a truly global EOR services provider gives you total complianceassured employment outsourcing support that takes all local, regional, and national laws into account. This means you can hire staff across Thailand, knowing you’re covered in terms of every local benchmark and requirement.  

Some PEO or EOR service providers in Thailand may limit the amount of staff you can hire at one time, or require you to meet certain minimum thresholds. However, INS Global knows that your international expansion strategy may require you to scale up or down quickly at any time, so we give you the flexibility you need to pursue your goals by hiring as many employees as you need. 

The total hiring cost in Thailand should take direct costs (salary, recruitment service fees, and any signing bonuses) into account alongside indirect costs such as monthly tax and social insurance contributions, bonuses, and incentive plans.  

Thai PEO services give you a great way to avoid the complications of setting up a company in Thailand, thus not requiring you to have a physical address in the country. For the happiness of your employees, it’s still recommended that you give them the option between a physical shared workspace or the chance to work remotely when and where appropriate 

Yes, where local employment laws, tax structures, or employee benefits differ for Thai or foreign nationals, we ensure total compliance assurance matching employees with their relevant requirements 

EOR and PEO solutions are a perfect way to ensure safe and efficient employment for overseas workers for companies of all sizes, from SMEs to multinational corporations. This is because they fill in for otherwise complex in-house HR requirements that easily scale up alongside increased employment needs as a company expands internationally.  

The legal expertise provided by PEO and EOR services is perfect for companies in a variety of sectors that either lack their own structures in a target country or want to prevent cost-scaling concerns while focusing on growth.  

Staffing firms and umbrella businesses are two examples of third parties that may be used to directly or indirectly engage independent contractors. You might also be able to identify the best contractors to fit your needs through networking, job boards, social media, trade organizations, and other channels. 

The majority of independent contractors in Thailand either operate as freelancers or run small enterprises through which they accept payment from customers. Thai law also requires that contractors be hired under a work agreement rather than an employment contract. 

Before work starts, an independent contractor can be required to provide a CV, portfolio, verified references, and possibly a signed NDA.  

Payroll in Thailand can be made according to an employee’s hourly, daily, weekly, or monthly pay rate and should be done at least once per month. All details of an employee‘s pay and all employer-managed tax and social security deductions should be included in a payslip for each pay period.  

The minimum wage in Thailand is calculated at a daily rate and depends on the type of job and seniority of the worker. In 2023, minimum wage rates vary from 354 baht per day all the way up to 700 baht per day for certain skilled workers  

Those moving to Thailand to live and work must have a work permit in addition to a working visa. Typically, workers apply for a Non-Immigrant B (Business) visa from their home country which allows them to enter Thailand for up to 90 days (or 1 year if the applicant is to be employed by a local company). During this time, the worker can then apply for a work permit which is valid for up to a year.  

Please note, companies in Thailand wishing to employ foreigners must meet specific requirements of registered capital and the number of Thai employees.  

Thai employers are obliged to manage tax and social security contributions on behalf of their employees as part of the payroll process. They are also required to make an employer’s contributions of an equivalent of around 5% (up to a maximum of 750 baht per month) of the employee’s wage towards their social security funds.  

According to Thai law, all workers (whether fixed-term, indefiniteterm, or casual) are eligible for many of the same mandatory employee benefits that come from making social security payments. These include the usual benefits such as health insurance, paid parental leave, worker’s compensation, and a pension fund.  

Employment contracts in Thailand can be amended in 3 circumstances, either through a written agreement signed by both employer and employee, through the agreement of the employer and the employee’s labor union, or solely by the employer if the amendments result in better working conditions for the employee.  

Thailand operates a free universal coverage scheme for healthcare, with foreigners holding jobs in the country also being eligible for the same treatment. Co-payments were removed in 2006, with medications now being the only out-of-pocket cost. Private healthcare plans are also available to supplement the public healthcare system or provide coverage for those without a Thai contract.  

Notice periods in Thailand are typically 1 month or payment in lieu.  

Severance pay is equivalent to 15 days of an employee’s current salary per year of service. This payment cannot exceed the equivalent of 1 year of the employee’s salary.  

Thailand’s Labor Protection Act is overseen at local, regional, and national levels by different government bodies. Typically, labor disputes are managed through the discussion of an employee’s labor union and company representatives.  

Most regions in Thailand celebrate 13 paid holidays per year, with these days not being considered part of an employee’s paid annual leave.  

DOWNLOAD THE INS Expansion Insights

DOWNLOAD THE PDF