Como Dominar a Demissão e Pagamento de Indenização no Camboja (2023)

Como Dominar a Demissão e Pagamento de Indenização no Camboja (2023)

Como Dominar a Demissão e Pagamento de Indenização no Camboja (2023)

junho 8, 2023

SHARE

Facebook
Linkedin
Twitter
INS Global

Author

Date

INS Global

Author

Date

Share On :

window.onload = function() { var current_URL = window.location.href; document.getElementById("fb-social-share").onclick = function() { window.open(`https://www.facebook.com/sharer/sharer.php?u+${current_URL}`); }; document.getElementById("tw-social-share").onclick = function() { window.open(`http://www.twitter.com/share?url=+${current_URL}`); }; document.getElementById("in-social-share").onclick = function() { window.open(`https://linkedin.com/shareArticle?url=+${current_URL}`); }; };

Key Takeaways

  1. Notice periods and severance pay in Cambodia are different depending on if the contract is for a fixed or indefinite duration
  2. Severance pay for employees who have worked more than 1 year is a minimum of 15 days’ wages for every year of service
  3. It’s easier and safer to hire and manage overseas employees smoothly with a global HR services partner
Summary

Rescindir um contrato de trabalho nem sempre é uma tarefa simples. Requer o cumprimento de regulamentações estritas relacionadas a demissões e períodos de aviso prévio, e se você não seguir as leis trabalhistas locais em questões como pagamento de indenização no Camboja, poderá se encontrar enfrentando um processo por demissão injusta e tendo que pagar taxas e multas caras.

Neste artigo, explicamos o processo de rescisão do contrato de trabalho de um funcionário no Camboja. Também destacamos a diferença entre o pagamento de indenização no final de um contrato a termo e no caso de demissão de um funcionário. Compreender como rescindir corretamente o contrato de trabalho de um funcionário pode economizar tempo e dinheiro e permitir que você trabalhe sem problemas no Camboja.

Rescisão do Contrato de Trabalho no Camboja

Para demitir legalmente um funcionário antes da data de término natural de seu contrato, a situação deve se enquadrar em uma das seguintes categorias:

  1. O empregador e o empregado concordam mutuamente em rescindir o relacionamento.
  2. Má conduta do empregado.
  3. Motivos econômicos.

Demissão por Justa Causa no Camboja

Esse caso se aplica a situações em que o empregado cometeu fraude ou roubo, teve comportamento inadequado em relação a outros funcionários, violou regulamentos de saúde ou segurança, etc. Esse tipo de demissão pode acontecer simplesmente se o empregado tiver um desempenho ruim, sem múltiplos avisos e provas de que a empresa fez todos os esforços para se reunir com o empregado e fornecer treinamento adicional.

Todos os detalhes sobre a conduta proibida dos funcionários devem ser claramente estabelecidos no contrato de trabalho para que possam ser aplicados em demissões por justa causa. No caso de demissão por justa causa, os trabalhadores não têm direito a pagamento de indenização no Camboja.

Informando os Sindicatos sobre as Demissões

Ao contrário de outros países, os sindicatos trabalhistas e de funcionários no Camboja não estão conectados em nível nacional ou da indústria, e pode haver vários sindicatos operando simultaneamente em um único negócio.

Antes de realizar demissões em massa, é essencial informar todos os sindicatos trabalhistas relevantes por escrito e receber o aconselhamento deles sobre como conduzir as demissões de maneira que minimize os danos aos funcionários.

Requisitos Adicionais para a Demissão de Funcionários

A demissão de funcionários é uma decisão séria e não deve ser tomada de forma leviana. Considere os motivos da demissão primeiro e certifique-se de poder fornecer corretamente períodos de aviso prévio e pagamento de indenização no Camboja a todos os funcionários afetados.

Após decidir rescindir o contrato de um funcionário, você deve entrar em contato com o Ministério do Trabalho e Formação Profissional (MLVT) dentro de 15 dias após a saída do funcionário. Isso é para registrar a demissão em caso de disputa. A demissão também deve ser registrada na carteira de trabalho do funcionário.

Se o funcionário for um cidadão estrangeiro, o MLVT deve ser notificado sobre a demissão para fins de cancelamento ou transferência do visto.

O não cumprimento dessas etapas resultará em multas de até 1,2 milhão de KHR.

Disputas em torno de Demissões no Camboja

O principal ponto de contato, tanto para o empregador quanto para o empregado, em caso de disputa em relação à rescisão do contrato, é a Inspeção do Trabalho local. Um Inspetor do Trabalho pode simplificar o processo de disputa antes que ele seja levado ao tribunal. Isso pode envolver a negociação de uma conciliação inicial que seria legalmente vinculativa.

Se isso não funcionar, qualquer uma das partes tem 2 meses a partir da data da rescisão para entrar com uma ação no tribunal ou no Conselho de Arbitragem (CA).

Desde 2021, o CA cambojano tem poderes legais ampliados para resolver disputas individuais e coletivas de trabalho, incluindo o poder de julgar casos de demissão injusta e conceder compensação, incluindo danos e pagamento de indenização no Camboja.

Como esses poderes são relativamente novos, os procedimentos exatos após a resolução de uma disputa ainda estão em revisão.

Para demissões coletivas, as ações iniciais necessárias permanecem em grande parte as mesmas. No entanto, geralmente há um prazo menor entre a entrada da disputa e a audiência pelo CA. Além disso, espera-se que os sindicatos representantes dos membros do sindicato estejam presentes se a demissão não estiver coberta por um acordo de negociação coletiva.

Períodos de Aviso Prévio no Camboja

No Camboja, os períodos de aviso prévio são diferentes para contratos de duração determinada (CDD) e contratos de duração indeterminada (CDI).

Períodos de Aviso Prévio para CDD

Os contratos de duração determinada podem durar no máximo 2 anos. Se o contrato fixo for superior a 6 meses, o empregado deve ser informado 10 dias antes da demissão. Se o contrato for superior a 1 ano, o período de aviso prévio se estende para 15 dias.

Se o empregador não der aviso no término natural de um CDD, o contrato será automaticamente prorrogado por um período igual à duração inicial ou se tornará um contrato por prazo indeterminado.

Períodos de Aviso Prévio para CDI

Os períodos de aviso prévio para contratos por prazo indeterminado são os seguintes:

  • 7 dias se o empregado trabalhou menos de 6 meses.
  • 15 dias se o empregado trabalhou de 6 meses a 2 anos.
  • 1 mês se o empregado trabalhou de 2 a 5 anos.
  • 2 meses se o empregado trabalhou de 5 a 10 anos.
  • 3 meses se o empregado trabalhou mais de 10 anos.

Como Calcular o Pagamento de Indenização no Camboja

O pagamento de indenização no Camboja é calculado de forma diferente, dependendo se o contrato é de duração determinada ou indeterminada.

Para funcionários com contrato de duração determinada (CDD), a compensação é de 5% do salário total recebido pelo funcionário durante o período do contrato.

Para funcionários com contrato de duração indeterminada (CDI), a compensação é de 7 dias de salário se o contrato durou entre 6 meses e 1 ano, e 15 dias de salário para cada ano de serviço, uma vez que o funcionário tenha trabalhado por mais de 12 meses. Essa medida é limitada a um máximo de 6 meses de salário.

Tanto nos contratos de CDD quanto nos de CDI, o funcionário também tem direito a receber uma compensação financeira pelos dias de férias não utilizados, juntamente com o pagamento de indenização no Camboja, como parte do seu último holerite.

Os funcionários demitidos por justa causa não recebem pagamento de indenização no Camboja.

Pagamento de Antiguidade como parte do Pagamento de Indenização no Camboja

Os funcionários têm direito a receber um valor equivalente a 15 dias de salário mais benefícios a cada ano que são empregados em uma empresa. Esse benefício funciona de forma semelhante a um décimo-terceiro salário em outros países, mas é dividido em 2 pagamentos, em junho e dezembro.

Quando um funcionário é demitido ou fica em situação de redundância, o empregador deve pagar a ele 7 dias de salário, além de qualquer outra compensação e pagamento de indenização no Camboja, se o funcionário não tiver recebido um pagamento de antiguidade nos últimos 1 mês.

Mantenha a Conformidade em Todos os Aspectos Durante os Procedimentos de Demissão de Funcionários com a INS Global

Cometer erros em um novo mercado não apenas é caro, mas também pode prejudicar a reputação da sua empresa. Como empregador, é necessário ter certeza das regulamentações relacionadas à rescisão do contrato e ao pagamento de indenização no Camboja e em todos os países nos quais você opera.

Com a INS Global, você não precisa gastar dinheiro e tempo em longos processos judiciais ou erros legais. Nossa equipe de especialistas está familiarizada com as leis trabalhistas locais em seu mercado-alvo e pode fornecer soluções para quaisquer desafios que você possa enfrentar durante a expansão global.

Nosso objetivo é permitir que você e qualquer empresa que queira expandir para novos horizontes entrem em novos mercados de forma rápida, confiante e tranquila. Com mais de 15 anos de experiência e serviços de PEO e EOR disponíveis em mais de 100 países em todo o mundo, a INS Global pode ajudar a concretizar sua estratégia de expansão global.

Podemos auxiliá-lo na criação de conexões locais, contratação de talentos locais, assim como no processo de integração, conformidade com folha de pagamento e impostos, serviços de RH, rescisão de contrato de trabalho de funcionários e muito mais.

Entre em contato conosco hoje mesmo para saber mais sobre a demissão e o pagamento de indenização no Camboja e em mais de 100 países ao redor do mundo, por meio de uma consultoria gratuita.

CONTACT US TODAY

Contact Us Today